Jun
1
7:30pm 7:30pm

Mila Jung e Fernando Rabelo

Ana Emília Jung (Mila Jung)

É artista e pesquisadora da área de imagem, doutoranda em Poéticas Visuais/USP, Mestre em Artes Visuais pela UDESC, especialista em Fotografia pela UCAM/RJ, na International Center of Photography-NY e na Escola para Assuntos Fotográficos de Praga. Foi coordenadora do Núcleo de Estudos da Fotografia em Curitiba, espaço dedicado à reflexão e à produção sobre fotografia e imagem e expôs extensivamente seus trabalhos na América Latina e na Europa.  

Recentemente realizou os seguintes projetos e publicações: “Pensamento como prática” em Bases Temporárias para instituições experimentais,

Imagempensamento (7º Edital Rede Nacional Artes Visuais/ FUNARTE), desenvolveu o trabalho País Imaginário (Edital de Ocupação do Museu da Fotografia em Curitiba), o qual também foi selecionado para o III prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia (Memórias da Imagem) e Deserto de Real (Bolsa Produção 3 Artes Visuais da FCC), que também foi selecionado para o 63º Salão Paranaense do MAC/Pr, para o Edital de exposições Museu Victor Meirelles (Florianópolis/SC) e para a exposição Geração 00. Em 2014 publicou “Anotações sobre a fotografia contemporânea como reflexão crítica no campo da arte” como resultado do XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia. Expôs seus trabalhos em diversas capitais da América Latina e na Europa.

 

Fernando Rabelo

Nascido em Belo Horizonte, Minas Gerais, Fernando Rabelo viveu sua infância no Chile e na França durante o exílio do pai. Ainda adolescente, iniciou sua carreira fazendo flagrantes do cotidiano de Paris onde cursou fotografia. Aos dezessete anos, com a anistia política, Fernando retornou ao Brasil. Trabalhou para os principais jornais do país, como o jornal Folha de São Paulo e O Globo. Durante treze anos trabalhou como fotógrafo do Jornal do Brasil e depois como Editor de Fotografia. Regressou à França em 2005-06, onde realizou o seu ensaio intitulado 'Imagens de um Flâneur Brasileiro em Paris', que foi exibido em quinze capitais brasileiras. Fernando Rabelo é autor do livro Tributo à Lagoa, uma coletânea de imagens de sua autoria sobre a Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro. Editado em 2000, o livro teve seis edições esgotadas. Durante toda a década de noventa retratou a música popular brasileira, realizou a exposição “Foco na MPB”, que percorreu várias capitais brasileiras, além de Paris, Lyon e Marselha. Fernando vive em Belo Horizonte (MG).

View Event →
May
4
7:30pm 7:30pm

Arnaldo Belotto e Celso de Oliveira

Arnaldo Belotto

Arnaldo Belotto nasceu e trabalha em Curitiba-PR. Com formação em Cinema, realizou diversas produções incluindo sete curtas metragens e um longa, além de mais de 30 vídeos clipes. Atua na fotografia desde 2013 realizando projetos autorais ligados a fotografia de rua, cultura e religiosidade na América Latina. É fotógrafo da Fundação Pan-Americana de Desenvolvimento (PADF) localizada em Whashington EUA, onde documenta projetos sociais na América Latina. 
Em 2016 iniciou seus primeiros projetos autorais, sendo eles Os Leitores e Em busca do céu, este último sobre a Romaria do Padre Cícero em Juazeiro do Norte CE.

Celso de Oliveira

Começou a fotografar em 1975. Carioca radicado em Fortaleza, trabalhou em importantes veículos da imprensa nacional como as revistas Veja e Visão, além dos Jornais O Globo, Meio Dia, O Povo e Diário do Nordeste. Foi laborista e fotógrafo da Agencia Central de Fotojornalista (primeira agência de fotografia de São Paulo). Trabalhou para diversas agências de publicidade até fundar a editora Foto-Arquivo Tempo D’Imagem, responsável por grandes publicações na área de fotografia, algumas de sua própria autoria: Marde de Luz, A Corte Vai Passar, O Olhar de Cada Um, Brasil Bom de Bola, Visões do Imaginário e Quem Somos Nós. Nos mais de trinta anos de profissão, Celso Oliveira Participou de diversas exposições individuais e coletivas, ganhando reconhecimento nacional e internacional com um trabalho que revela além da paixão pela fotografia o olhar sensível sobre o cotidiano e a cultura do Brasil. 

View Event →
Apr
6
7:30pm 7:30pm

Walter Thoms e Luiz Garrido

Walter Thoms

Fotógrafo paranaense nascido em 1991, na cidade de Curitiba. Teve interesse pela fotografia aos 16 quando morou em Penha e Itajaí - SC. Após voltar para Curitiba formou-se em fotografia pela Escola Portfolio em 2011 ao mesmo tempo que trabalhava de assistente para o fotógrafo Dico Kremer. Em 2012 começou a trabalhar na Ibiza Laboratório Fotográfico. Em 2013 participou da seletiva Imaginário Cromático, que resultou num fotolivro com mais 14 fotógrafos dentre eles Orlando Azevedo, João Castilho, Cao Guimaraes e Gui Mohallem e desde o final de 2016 faz parte do R.U.A Foto Coletivo.

Luiz Garrido

Iniciou sua carreira como repórter fotográfico em 1968 em Paris, trabalhando na sucursal da revista Manchete. Estudou fotografia na Faculdade de Vincennes e na École Nationale de Photographie Française. Foi durante este período que Garrido teve a oportunidade de conhecer Jonh Lennon e Yoko Ono. Garrido começou a fotografar o casal e foi convidado por Yoko para acompanhá-los a Londres e Amsterdam em 1969. Foi ainda durante o período parisiense que o fotógrafo começou a se interessar por retratos, tendo clicado várias personalidades internacionais como Alfred Hitchcock, Gina Lollobrigida, Alain Delon, entre outros. De volta ao Rio em 1971, dedicou-se a fotografia de moda e publicidade, tendo sido colaborador assíduo de revistas como: Vogue (Brasil e França), Interview, Cláudia Moda, Moda Brasil, Elle (Brasil, França e Itália), Playboy, Big (EUA), G.Q. (Inglaterra) e Photo (França).

Em 1982, fundou a Agência e Estúdio Casa da Foto e passou a desenvolver projetos pessoais. Há vários anos Garrido vem fotografando personalidades brasileiras das mais diversas áreas da sociedade. Hoje Garrido se dedica também à sua coleção de retratos 

Em agosto do mesmo ano 60 retratos foram expostos na “I BIENAL INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA - CIDADE DE CURITIBA”, com um público aproximado de 300.000 pessoas em 4 meses.

A coleção de fotos inéditas de John Lennon e Yoko Ono está entre a seleção das melhores imagens dos Beatles, na Contact Press Images (www.contactpress.com) sob o título “The Beatles Images” junto com o trabalho de ícones da fotografia mundial, como: Gilles Caron, Annie Leibovitz, Don McCullin e Paul Saltzman.

View Event →
Mar
9
7:30pm 7:30pm

José Kalkbrenner e Sergio Ranalli

José Kalkbrenner

José Kalkbrenner Filho nasceu em Curitiba em 09/11/31. Iniciou na fotografia com a idade de 15 anos, atuando nas áreas amador, jornalismo, eventos sociais e publicidade. Fundou a Fototecnica em agosto de 1962, onde trabalhou com enumeras agências de publicidade.

  
Sergio Ranalli

Fotógrafo desde 1998, formado em Jornalismo, atualmente trabalha como editor de fotografia do jornal Folha de Londrina e paralelamente desenvolve projetos autorais de fotografia. Com trabalhos documentais já conquistou o prêmio Porto Seguro Fotografia, hoje chamado de prêmio Brasil e foi  também finalista do  Prêmio Conrado Wessel.
Já com o fotojornalismo conquistou três vezes o primeiro lugar do prêmio Massey Ferguson de Jornalismo, uma vez o primeiro lugar do Premio New Holland de Fotojornalismo e também primeiro lugar no premio Fiep de Jornalismo – categoria fotojornalismo.
Participou de exposições em diversos países da América Latica e na sede da UNESCO em Paris-França. No Brasil fez quatro exposições individuais;"Africas Invisiveis" - no Panteão da Pátria - Praça dos Três Poderes – Brasília, "Retratos do Haiti" em Bertioga - SP (No evento Revela Bertioga) , "Fronteira Invisível" em Londrina – Paraná e Cores da Solidão - No Espaço Porto Seguro Fotografia, em São Paulo SP.
Atualmente tem se dedicado ao desenvolvimento do projeto "Onde o verde não termina" formado por imagens aéreas de arvores isoladas. Instigando a discussão sobre a dualidade entre o homem e natureza. Também é tema recorrente em seu trabalho o registro da vida de populações isoladas, seja nas barrancas de rios na Amazonia, até nos pequenos vilarejos rurais do Paraná.  

 

View Event →
Feb
2
7:30pm 7:30pm

Manoel Guimarães e Marcelo Buainain

Manoel Guimarães

Fotógrafo autodidata especializado em fotografia de retrato e books fotográficos. Atua como profissional desde 1980, já tendo realizado aproximadamente 46.000 sessões fotográficas.

Marcelo Buainain

Fotógrafo e documentarista autor de alguns livros, entre eles ÍNDIA QUANTOS OLHOS TEM UMA ALMA realizado graças ao Prêmio Máximo da II Bienal Internacional de Fotografia de Curitiba. Ao longo da sua carreira a sua obra tem recebido reconhecimento internacional, com destaques aos Prêmios Martín Chambi (França) e POYLATAN (México). 

 

View Event →
Dec
1
7:30pm 7:30pm

Daniella Schuarts e Leonardo Salomão / Guy Veloso 

POST FACE.jpg

Guy Veloso

Nasceu e trabalha em Belém-PA. De formação acadêmica em Direito, é fotógrafo desde 1989. Participou da 29a Bienal Internacional de São Paulo (2010). Foi curador-chefe de Fotografia Contemporânea Brasileira na 23a Bienal Europalia Arts Festival, Bruxelas-Bélgica, 2011/12. Compõe os acervos Essex Collection of Art from Latin America, Colchester-Inglaterra; Centro Português de Fotografia, Porto-Portugal; Coleção Joaquim Paiva/Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; MAR- Museu de Arte do Rio; MAM-Museu de Arte Moderna de São Paulo e Pirelli / MASP. 

Daniella Schuarts e Leonardo Salomão

Uniram suas carreiras, ela como nutricionista, ele como fotógrafo, para criar o Projeto Evoé. Buscam retratar as singularidades e belezas da relação entre o ser humano e seu alimento ao redor do mundo, por meio da fotografia documental. O projeto passou por oito diferentes países da África e da Ásia, indo a grandes cidades e vilas remotas para experienciar a cultura alimentar local: plantando junto com os agricultores e cozinhando nas mais aconchegantes cozinhas familiares. O Projeto Evoé recebeu o terceiro lugar no concurso Food Photographer of the Year e participou da exposição na Mall Galleries, em Londres.

View Event →
Nov
3
7:30pm 7:30pm

Ana Carolina Fernandes e Albari Rosa

FACEBOOK E INSTA_SETEMBRO_É HOJE.jpg

Ana Carolina Fernandes 
Fotojornalista desde os 19 anos, trabalhou no Jornal do Brasil e a Folha de S. Paulo. Desde 2008 trabalha de forma independente, com foco nos ensaios autorais e documentais sem abandonar o fotojornalismo. Atualmente colabora para revistas nacionais e internacionais, como agência Reuters e o jornal New York Times. Foi finalista do Prêmio Conrado Wessel e Shortlist Top Ten Award, ambos em 2013. Participou como uma das fotógrafas nos livros “Blocos de Rua do Carnaval do Rio” em 2012 e “As Donas da Bola” em 2014. Em 2016 ganhou o Troféu Mulher Imprensa do 9th Julia M. Cameron Award. É representada em SP pela Galeria DOC e no Rio pela Galeria Oriente.

Albari Rosa 
Fotojornalista desde 1988, trabalhou para revistas do grupo da Editora Abril (Veja, Placar e Exame), jornais como a Folha de Londrina, Diário, Lance e atualmente na Gazeta do Povo. Em 2011, foi diplomado como Jornalista Amigo da Criança pela Agência de Notícias do Direito da Infância pela série de reportagens sobre crianças e adolescentes em situação de risco. Realizou a cobertura das Copas do Mundo de Futebol da Alemanha (2006), África do Sul (2010) e Brasil (2014). Em 2016, participou da cobertura da Olimpíada Rio 2016. 

 

View Event →
Oct
6
to Oct 7

Michelle Serena e José Bassit

FACEBOOK E INSTA_SETEMBRO_É HOJE.jpg

José Bassit

Nasceu na cidade de São Paulo. É fotógrafo desde 1985 e já teve seus trabalhos publicados nos principais jornais e revistas brasileiros. Já participouparticipou de diversas exposições no Brasil e no exterior com destaques para exposições na Inglaterra ,Alemanha, Moçambique, Costa Rica, Bélgica e França. Suas obras integram acervos de instituições como a Pinacoteca do Estado de São Paulo e o Museu de Arte de são Paulo.

Em 2003 publicou o livro "Imagens Fiéis" (Editora Cosac&Naify), sobre a religião e a fé do povo brasileiro.

Michelle Serena

Começou a fotografar em 1997, quando cursava  Art and Design, na Arts University Bournemouth /Inglaterra. Formou- se em Fotografia na mesma Universidade. Coordenou a Escola Portfolio de Fotografia em Curitiba por sete anos ,onde atualmente leciona cursos e workshops. 

Realiza projetos e palestras de Fotografia como instrumento  terapêutico, usando o ensino da fotografia para uma maior autonomia e capacidade de comunicação e socialização.  

Participou de exposições no Brasil e no exterior com destaque para a exposição “Curiuos Yellow”, em Londres. Projeto Mezanino de Fotografia”, do Itaú Cultural com curadoria de Tadeu Chiarelli ,“ O Instante Contínuo”, Museu da fotografia de Curitiba e XX Bienal de Curitiba. Galeria Solar do Rosário.

View Event →
Sep
2
7:30pm 7:30pm

Michele Bravos e Tadeu Vilani

Michele Bravos

Jornalista e fotógrafa, com especialização em fotografia. Atualmente, é mestranda em Direitos Humanos e Políticas Públicas pela PUCPR.

Trabalha como freelancer para veículos impressos, produzindo matérias com foco em direitos humanos, educação e cidadania. Atua também na documentação de ações humanitárias em locais de vulnerabilidade social, como por exemplo o acompanhamento, desde 2012, do Programa Ciência e Transcendência: educação, profissionalização e inserção social, registrando o trabalho social na Penitenciária Feminina do Paraná – uma das de segurança máxima do país. Como jornalista e fotógrafa também possui experiência em cobertura de missões humanitárias em território nacional e internacional.

Em seu currículo ainda constam produções culturais, direcionadas para a fotografia, entre elas a organização e participação de seis exposições fotógraficas, sendo uma exclusiva e as outras cinco coletivas. Projetos sociais que possam transformar e provocar reflexão por meio da arte, principalmente, envolvendo o processo fotográfico, estão sempre em foco.

Em 2012, trouxe a Curitiba, a primeira edição do projeto internacional Help-Portrait, do qual permaneceu a frente na capital até este ano. O projeto contemplou 20 ações realizadas, 1000 retratos entregues, mais de 100 voluntários envolvidos e seis exposições em diversos locais da cidade, incluindo shoppings e universidades, em quatro anos.

Dentre as premiações recebidas, destaca-se o 1º lugar nacional no 3º Concurso de Curtas da Unesco e da CGU, com o tema Informação Pública: Direito de Todos. Sem Desculpas. Sem Segredo.

Tadeu Vilani

Fotógrafo há 20 anos no jornal Zero Hora de Porto Alegre, começou sua trajetória em sucursais no interior do estado do Rio Grande do Sul, até 2008, quando foi transferido para a sede da Zero Hora.

Paralelamente ao jornalismo desenvolve o trabalho documental no sul da América do Sul, principalmente no estado do Rio Grande do Sul, documentando a formação étnica do estado e seus problemas sociais.

Atualmente desenvolve o projeto sobre o Pampa, que abrande o Rio Grande do Sul, Argentina e o Uruguay.  Sendo lançado no ano de 2015 o livro Olhos do Pampa, referente a pampa Riograndense.

crédito da foto Tadeu Vilani: Fernando Gomez.

View Event →
Jul
28
7:30pm 7:30pm

Rogério Reis e Viviane Rodrigues

Rogéio Reis

Rogério Reis trabalhou como fotojornalista no Jornal do Brasil, O Globo, Veja e foi editor de fotografia do Jornal do Brasil de 1991 a 1996. Com forte influência da fotodocumentação, Rogério produz diálogos sobre questões urbanas da sua cidade, o Rio de Janeiro. Destacam-se seus ensaios sobre os Surfistas de Trem (1988), Na Lona (1987-2001) e mais recentemente Ninguém é de Ninguém (2011-2014). Em 1999 recebeu o Prêmio Nacional de Fotografia da FUNARTE com a série Na Lona. Faz parte de coleções como MASP/Pirelli; The Fogg Art Museum, Cambridge; Danforth Museum of Art, Framingham, MAM-RJ, Maison Européenne de la Photographie, Paris, em parceria com o FotoRio (2008, 2010, 2012 e 2014) e MAR (2015).

http://www.rogerioreis.com.br

Viviane Rodrigues

Viviane Rodrigues é fotógrafa, jornalista e docente e tem 20 anos de prática e pesquisa em várias áreas da fotografia, embora tenha se especializado na nudez do corpo, no erotismo e na pornografia. Também desenvolve projetos socioambientais, onde fotodocumentação é ferramenta essencial.

www.fotografiaorganica.com.br

“Projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba”

View Event →
Jul
7
7:00pm 7:00pm

Priscila Forone e Julio Covello

Julio Covello

Nascido em Curitiba, em 1951, é filho do fotógrafo amador Carlos Alberto Covello. Cresceu cercado de filmes, fotos e câmeras. Aos 20 anos começou a dividir o laboratório com o pai, depois que ganhou dele uma Ricoh. Trabalhou com fotojornalismo (Correio de Notícias, Revista Quem e para sucursais) e publicidade (Agência Exclam), mas sempre em busca do seu olhar mais autoral.

Priscila Forone

Artista visual e fotógrafa proprietária da Habitat Photos. Trabalhou por 10 anos como repórter fotográfico no jornal Gazeta do Povo. Com seu trabalho autoral já realizou exposição individual pela Fundação Cultural de Curitiba e Centro Cultural Brasil-Mexico, na Cidade do México. Com cerâmica e fotografia já participou de exposições no MON e atualmente no Museu Alfredo Andersen.

View Event →
Jun
2
7:00pm 7:00pm

Paulo Henrique Camargo e João Castelo Branco

Paulo Henrique Camargo

Atua como fotógrafo há 30 anos. É professor e pesquisador doutorando em fotografia pela UTFPR. Em paralelo mantém sua produção autoral, tendo a oportunidade de participar de vários processos de seleção e de concursos que permitiram expor seus trabalhos, ganhar prêmios e ter obras em acervos públicos e particulares.

João Castelo Branco

É fotógrafo, diretor de fotografia e diretor de cinema. Formado em Ciências Sociais pela UFPR, com pós-graduação em Fotografia. Como fotógrafo tem em seu currículo diversas exposições individuais e coletivas e os livros “Alfaiates e alfaiatarias em Curitiba” e “O futebol da contracapa”.Recebeu o prêmio FUNARTE de produção crítica em artes visuais em 2010 e a Bolsa Produção em Artes Visuais da Fundação Cultural de Curitiba em 2015. Entre seus filmes destacam-se o longa-metragem “O corte do alfaiate” (2011) e o curta “Bolpebra” (2011).

View Event →
May
5
7:00pm 7:00pm

Antonio Costa e Sergio Sade

Antonio Costa

52 anos. Fotógrafo de rua desde 1986, começou a carreira nos Jornais O Estado do Paraná e Tribuna. Em 1992, foi convidado a trabalhar no jornal Gazeta do Povo onde permaneceu por vinte anos. Entre 2013 e 2014, trabalhou na Agência de Notícias do Paraná.

Sergio Sade

72 anos, curitibano, formado na primeira turma de jornalismo da UFPr em 1967. Iniciou como fotógrafo dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná, e em 1968 passou a fotografar para as para as revistas da Editora Abril, criando em 1977 a Editoria de Fotografia da revista Veja. Em 1990 passou a fotografar para publicidade, e hoje se dedica a projetos pessoais.

 

View Event →
Apr
7
7:00pm 7:00pm

Iatã Cannabrava

Olá pessoal!

Em abril, a Roda de Fotógrafos contará com a presença do fotógrafo, editor, curador e agitador cultural Iatã Cannabrava.  O evento acontecerá no dia 7 de abril de 2016, às 19h, no Museu Oscar Niemeyer, auditório Poty Lazzarotto. Após a Roda, teremos a abertura da mostra “Moderna para Sempre - Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú Cultural”, na sala 3 (entrada gratuita na abertura).

Mais sobre o palestrante Iatã Cannabrava. 
- Como fotógrafo, possui três livros publicados: Casas Paulistas (2000), Uma Outra Cidade (2009) e Pagode Russo (2014). Suas fotografias integram as coleções MASP-Pirelli, Galeria Fotoptica, Joaquim Paiva e MAM/São Paulo, e estão publicadas em oito livros de autoria coletiva. 
- Atualmente, é diretor do Valongo – Festival Internacional da Imagem, é idealizador e curador do Fórum Latino Americano de Fotografia de São Paulo, realizado pelo Itaú Cultural, e até o ano passado foi diretor e realizador do Festival Internacional de Fotografia de Paraty - Paraty em Foco. Entre seus projetos permanentes, estão o Madalena Centro de Estudos da Imagem, a Livraria Madalena e a Editora Madalena ao lado de Claudia Jaguaribe e Claudi Carreras.

Confirme sua presença, enviando um e-mail para: 
rodadefotografos@gmail.com

Agradecemos a atenção de todos.

Foto: Ekaterina Kholmogorova.

View Event →
Mar
3
7:00pm 7:00pm

Gio Soifer e Joseane Daher

Está aberta a Roda de Fotógrafos de 2016. 
Em março teremos a presença da Joseane Daher e da Gio Soifer, que compartilharão seus olhares. Abaixo um resumo das palestrantes. Já estávamos com saudades!!! Não deixem de vir!


Gio Soifer
Artista visual, graduada em Fotografia, pela Universidade Positivo. Em 2015, concluiu o Master de direção de projeto artístico, pela BlankPaper, Madrid. Participou da residência artística LaFragua, en Belalcazar, España, onde realizou seu último trabalho, Hoy declaro un cuerpo vivo. Apesar de sua formação como fotógrafa, Gio desenvolve seu trabalho em diversas linguagens. Vídeo, objeto, performance, pintura, etc. Poéticas do corpo, questões de gênero e morte são alguns das preocupações que permeiam sua investigação.
Teve seu trabalho exposto na Mall Gallery, em Londres,na KGaleria, em Lisboa, na Galeria Combo, em Córboda e no Espaço labruc, em Madrid. Em curitiba passou pelo ateliê Soma, Galeria Boyler, e no espaço Mauro Zanatta.

Joseane Daher
Mestre em Antropologia Social/UFPR. Viveu e trabalhou com fotografia, em Nova York-EUA, durante 10 anos. Idealizou e coordena os cursos de pós-graduação Fotografia e Imagem em Movimento, desde 2009, e Cinema: Projetos, Processos e Reflexões, 2016, na Universidade Positivo, em Curitiba. É fotógrafa atuante e trabalha para grandes empresas de engenharia no país.

 

View Event →
Dec
3
7:00pm 7:00pm

Imagem e Meio Ambiente

Na próxima quinta (03-12-15) acontecerá a última Roda de Fotógrafos de 2015, que promete ser um grande evento da fotografia brasileira. Em uma parceria inédita entre a Roda e a Associação de Fotógrafos de Natureza (AFNatura) apresentamos o bate-papo sobre Imagem e Meio Ambiente com os fotógrafos Zig Koch, Valdemir Cunha, Marcelo Krause e a editora e designer Cecília Marigo, viúva do fotógrafo de natureza Luiz Claudio Marigo. Imperdível! No dia 04-12 esta prevista a abertura da exposição do Luiz Claudio Marigo no Memorial de Curitiba, Largo da Ordem.

View Event →
Jul
2
7:00am 7:00am

Rosely Nakagawa

Amigos, a Roda de Fotógrafos desta quinta será com a Rosely Nakagawa num formato diferente. A proposta é instigar uma reflexão a respeito da fotografia e o autor implícito.
A pedido da Rosely, convidamos todos que tiverem interesse de participar a estudarem texto disponibilizado no link: http://bit.ly/1GXLXjH

Teremos ainda o sorteio de 2 exemplares dos livros disponibilizados pela Ipsis Editora entre os presentes que confirmarem presença pelo email rodadefotografos@gmail.com

Imperdível!

View Event →
Jun
12
7:00pm 7:00pm

Francisco Santos & Lu Berlese

Salve Salve!
Tu que é solteiro, casado, namorado e seja lá como é composta a família brasileira, que usa boticário ou não. Nesse dia dos namorados a melhor noite é a Roda de Fotógrafos, com uma dupla que vem com tudo: Francisco Santos e Lu Berlese!
Venha conferir!
Sorteios de Fotos e Publicações da Ipsis Efitora! Vai perder essa?

View Event →